Autocaravanas

Óleo mais apropriado

Última atualização | Last Update by

Em conversa com diversos amigos, notamos que grande maioria roda com óleo errado!

Como encontrar o oleo mais apropriado?

Existem os mais variados óleos de motor que satisfazem as mais variadas
especificações.

ACEA As diferentes aplicações dos óleos de motor descrevem-se através de letras com a classificação europeia ACEA (Associação dos Construtores Europeus Automóvel):

A: para motores a gasolina de veículos ligeiros

B: para motores Diesel de veículos ligeiros e comerciais

C: para veículos ligeiros com filtros de partículas Diesel.

API: As classes API (American Petroleum Institute) classificam os óleos de motor de acordo com as exigências americanas e critérios de qualidade exigidos. A
classificação corrente API para óleos de motor a gasolina é a SM. Actualmente os veículos ligeiros a Diesel não estão classificados com a norma API.

SAE: A norma SAE (Society of Automotive Engineers) descreve através de um conjunto de números, as propriedades de viscosidade (fluidez) de um lubrificante
a diferentes temperaturas. Assim, um óleo de motor SAE 0W-30 descreve com o primeiro número a fluidez “fina” a baixas temperaturas. Quanto mais
baixo for o número, melhor pode fluir o óleo de motor a baixas temperaturas e assim chegar mais rapidamente aos pontos de lubrificação importantes do
motor. O segundo número identifica a fluidez a altas temperaturas.

Motores a Gasolina

  • A1 Categoria de óleos de motor que permitem economia de combustível “Fuel-economy” de extrema baixa viscosidade “High Temperature High Shear” (HTHS, < 3,5 mPas). As classes de viscosidade recomendadas são XW-30 e XW-20.A2 Categoria de óleos de motor convencionais e óleos de motor de baixa viscosidade.
  • A3 Categoria de óleos de motor convencionais e óleos de motor de baixa viscosidade com utilização mais severa do que A2. Supera A2 no respeitante ao “Noack” (perdas por evaporação), limpeza dos pistões e estabilidade à oxidação.
  • A5 Categoria de óleos de motor convencionais e óleos de motor de baixa viscosidade. Cumpre ACEA A3 mas com inferior viscosidade HTHS. Num motor de teste tem que ser comprovada uma economia de combustível ≥ 2,5% em comparação com um óleo 15W-40 de referência.

Motores a Diesel

  • B1 Categoria de óleos de motor com economia de combustível “Fuel-economy” de extrema baixa viscosidade “High Temperature High Shear” (corresponde a A1).
  • B2 Categoria de óleos de motor convencionais e óleos de motor de baixa viscosidade.
  • B3 Categoria de óleos de motor convencionais e óleos de baixa viscosidade. Supera ACEA B2 no respeitante ao desgaste, limpeza dos pistões e estabilidade da viscosidade em condições elevadas de fuligem.
  • B4 Nova categoria para motores Diesel com injecção directa TDI.
  • B5 Similar ao ACEA B4, mas com inferior viscosidade HTHS.

Num motor de teste tem que ser comprovada uma economia de combustível ≥ 2,5%, em comparação com um óleo 15W-40 de referência. C1 Para veículos ligeiros a Diesel com filtros de partículas. Máximo teor de cinzas sulfatadas 0,5%. Com rebaixado HTHS (FORD). C2 Para veículos ligeiros a Diesel com filtros de partículas. Máximo teor de cinzas sulfatadas 0,8%. Com HTHS > 2,9 mPas (PEUGEOT). C3 Para veículos ligeiros a Diesel com filtros de partículas. Máximo teor de cinzas sulfatadas 0,8%. Com HTHS > 3,5 mPas (Mercedes-Benz,
BMW). C4 Introduzida em 02/2007. Para veículos ligeiros a Diesel com filtros de
partículas. Máximo teor de cinzas sulfatadas 0,5%. Com HTHS ≥ 3,5 mPas

Acerca do Autor...

Sugestões relacionadas

Avaliar este local

Avaliar este local

Your email address will not be published.