HOLANDA

Com uma população de 17 milhões de pessoas, a Holanda é um país importante para a economia e a cultura europeia. Além disso, é um excelente destino turístico, com lugares que agradam a visitantes com diferentes gostos.

Além de Amesterdão e Roterdão, que são as principais cidades da Holanda, o país conta com várias outras localidades que movimentam o turismo um pouco por todo o território.

Amesterdão

Foto por Nikolai Karanaschev>>>CC BY 3.0

Capital do país, Amesterdão é de visita obrigatória para os turistas que vão à Holanda. Há vários motivos que tornam esta cidade, que é conhecida como a Veneza do oeste da Europa, tão especial e conhecida no mundo todo. Com uma arquitetura diferenciada, Amesterdão é a cidade dos canais e das muitas bicicletas. Além disso, o mercado das flores é outra atração imprescindível. Amesterdão oferece diversos passeios turísticos aos visitantes. A Casa de Anne Frank, o Museu Rijksmusem e o Museu Van Gogh são os principais destaques.

Os que gostam de desporto, principalmente do futebol, devem saber que a cidade é a casa do Ajax. Vale a pena lembrar que a equipa quase conquistou o maior torneio da Europa na época passada.

Roterdão

Foto por Mlefter >>>CC BY 3.0

Localizada a apenas uma hora de distância de carro de Amesterdão, Roterdão é ótima para o turismo. Segunda maior cidade do país em população, é também uma das mais tradicionais da Holanda.

O futebol também está muito presente nessa cidade, com o Feyenoord como a grande equipa de Roterdão. De arquitetura moderna, apresenta um skyline de estilo futurista e a estação central é uma obra de arte ao ar livre.

Há muito que fazer em Roterdão como, por exemplo, visitar a Erasmusbrug, a Euromast, o Het Park, as Casas-cubo e o museu de arte Kunsthal.

Quanto ao entretenimento, Roterdão é uma das principais cidades holandesas quando o assunto são os casinos. É aqui que se encontra o Holand Casino, atração imperdível para os visitantes, com muito póquer e jogos tradicionais. Aliás, a Holanda é um país muito tradicional no póquer e inclusivamente alguns dos melhores jogadores da Europa são originários de aqui, como o várias vezes campeão Lex Veldhuis, especialista na variante online.

Delft

Foto por Matahari22>>>Pixabay License

Bem próxima de Roterdão e Amesterdão, a cidade de Delft está perfeitamente localizada no mapa da Holanda. Com canais e arquitetura típica, alberga uma parte destacável da história do país.

O Prisenhof é um museu muito importante para a Holanda e conta com obras de arte relevantes no âmbito europeu. A Brabantse Turfmarkt é outro lugar de visita obrigatória. Nesta grande rua localizada ao lado dos canais, todos os sábados acontece um mercado de vendas que reúne praticamente a cidade inteira.

Delft não é grande e tem aproximadamente 100 mil pessoas. Portanto, é viável conhecer a cidade toda a pé. Por não ter a dimensão de Roterdão e Amesterdão, o ideal é visitá-la durante dois ou três dias.

Gouda

Foto por OXLAEY.com>>>CC BY 2.0

Conhecida como a cidade do queijo, Gouda tem o Kaasmarkt, que é um mercado de comida conhecido em toda a Holanda. Assim como Roterdão e Amesterdão, Gouda conta com uma arquitetura singular e de destaque.

Além do mercado de queijo, Gouda tem a De Goudse Waag, que é a casa de pesagem tradicional da cidade. O prédio é hoje um monumento que se pode visitar e conta um pouco da história da região.

Gouda também se destaca pelo original stroopwafel, que foi criado nessa cidade. Há diversas lojas que vendem esse doce, que é comercializado em diferentes tamanhos e versões.

Para comer e levar souvenirs para casa, poucas cidades neerlandesas são mais interessantes do que Gouda. Seja com queijo ou stroopwafel, opções não faltam.

Haia

Den Haag – MinBuza

Foto por autor desconhecido>>>Public Domain >>>CC BY 3.0

Amplamente conhecida como a Cidade Real, Haia é a sede oficial da Família Real do país. Devido à sua importância para a Holanda, são vários os monumentos e museus que alberga.

Aqui está a sede do governo, por exemplo, que é conhecida como Binnenhof. Além da parte mais antiga da cidade que preserva a arquitetura tradicional, Haia tem uma região nova, na qual prédios modernos e novos contrastam com os monumentos que remontam a séculos atrás.

A praça principal de Haia é movimentada e recebe turistas do mundo todo. Nesse lugar estão prédios antigos e tradicionais, cafeterias e restaurantes. É um local ideal para tomar uma bebida e apreciar um pouco da arquitetura urbana da cidade.

Hoorn

Foto por Michielverbeek>>>CC BY 3.0

Fora do círculo de cidades em torno a Roterdão está Hoorn. Localizada no norte da Holanda, caracteriza-se por uma realidade diferente e mais pacata.

Com um passado importante para a história da Holanda, Hoorn foi uma cidade poderosa durante os séculos XVII e XVIII com um porto espetacular e navios dos mais modernos da Europa.

O turismo baseia-se em Roode Steen, que é a praça mais popular da cidade. Com lindos prédios e uma bela estátua de Jan Pieterszoon, nesta praça também está o Westfries Museum, um estabelecimento que conta a trajetória de Hoorn.

A região do porto tem muitos restaurantes, bares e cafeterias. Aí bem perto está a Hoofdtoren, uma das mais belas torres da Holanda.

Para quem conhece Amesterdão, uma visita a Hoorn é algo muito prático, visto que a cidade está a apenas a 40 minutos de carro da capital do país.